Esta usando ou implantando o Microsoft Project Server 2010 na sua empresa?

Se já esta implantado, o próximo passo é criar Relatórios, mas para isso é interessante conhecer a base de relatórios ou RDB (Reporting Database).

Um pouco de história

No Project Server 2003, só havia um banco de dados. Por causa disso, algumas vezes tínhamos problemas de performance seja porque estávamos executando um relatório pesado ou algum processo do Project Server esta consumindo a base e de quebra, degradava o desempenho de toda solução.

Com o Project Server 2007 e depois o Project Server 2010, houve uma separação de bases. O que era antes uma base apenas, se transformou em quatro. Esta separação permitiu que a base de relatório seja movida para um servidor separado, resolvendo assim o problema de desempenho, caso ele venha a ocorrer.

As 4 bases são:

  • Draft

(Racunho, base aonde os dados de projetos salvos são armazenados)

  • Published

(Publicado, base aonde os dados de projetos publicados são armazenados)

  • Archive

(Arquivo, base aonde os dados de projetos arquivados são armazenados)

  • Reporting

(Relatório, base aonde os dados de projetos arquivados são armazenados)

 

Banco de dados “Reporting”:

O banco de dados de relatórios é usado como área de transferência para a criação do banco de dados OLAP e fornece os dados de projetos em um formato mais fácil de consulta.

Segue um diagrama com as principais entidades:

image

 

Princípio PTAR

O princípio PTAR (Projeto – Tarefa – Atribuição – Recurso) é fundamental na ferramenta Project e consequentemente, no Project Server também. Ele funciona da seguinte forma:

Vídeo ensinando o que é uma atribuição.

Sabendo o que significa cada uma das letras, vou detalhar um pouco de cada uma delas:

Projeto

A entidade de projeto contém as informações relacionadas a projetos. Essas informações podem ser:

  • Campos personalizados
  • Datas:
    • Início
    • Término
    • Início da Linha de base
    • Término da Linha de base
    • Início Real
    • Término Real
  • Trabalho:
    • Trabalho
    • Trabalho da Linha de Base
    • Trabalho Real
  • Custo:
    • Custo
    • Custo da Linha de Base
    • Custo Real

A principal visão de projeto é a: MSP_EPMProject_UserView

Tarefa

A entidade de tarefa contém as informações relacionadas as tarefas. Essas informações podem ser:

  • Campos personalizados de tarefas
  • Datas:
    • Início
    • Término
    • Início da Linha de base
    • Término da Linha de base
    • Início Real
    • Término Real
  • Trabalho:
    • Trabalho
    • Trabalho da Linha de Base
    • Trabalho Real
  • Custo:
    • Custo
    • Custo da Linha de Base
    • Custo Real
  • E características

Características de tarefas podem ser, se ela é crítica, se é um marco, etc.

A principal visão é a: MSP_EPMTask_UserView

Atribuição

A entidade de atribuição contém as informações relacionadas as atribuições. Essas informações podem ser:

  • Projeto
  • Recurso
  • Tarefa
  • Campos personalizados
  • Datas:
    • Início
    • Término
    • Início da Linha de base
    • Término da Linha de base
    • Início Real
    • Término Real
  • Trabalho:
    • Trabalho
    • Trabalho da Linha de Base
    • Trabalho Real
  • Custo:
    • Custo
    • Custo da Linha de Base
    • Custo Real

A principal visão é a: MSP_EPMAssignment_UserView

Recurso

A entidade de recurso contém as informações relacionadas a recursos. Essas informações podem ser:

  • Campos personalizados de recursos
  • Tipo de recurso
  • Taxas de custo
  • E características

Características de recurso podem ser: se ele é genérico, quem é seu gerente de quadro de horários, se ele pode ser nivelado, etc.

A principal visão é a: MSP_EPMResource_UserView

 

Para um detalhamento maior, consulte o SDK do Project. Nele tem o schema de toda a base de dados de Reporting, incluindo todas as tabelas, views, etc. (Arquivo: pj14_ReportingDB.chm)

 

Espero ter ajudado!

Boa semana a todos…

Abraços,

André Xavier